Receitas

Lasanha de lentilhas

Um dos meus pratos preferidos sempre foi lasanha, a minha lasanha! E já fiz as mais diversas versões. As primeiras com carne, peixe ou camarão, depois sem glúten usando beringela como substituto da massa e mais tarde a vegetariana, com soja e acabei na versão que aqui apresento.

Para mim a melhor versão de sempre!

Não faço este prato com muita frequência, apesar de todos cá de casa adorarem. Mas a massa é de farinha refinada e o estufado de lentilhas tem tomate e para mim estes ingredientes interferem na minha condição de saúde. Doenças à parte, vamos lá desvendar esta receita deliciosa.

Ingredientes:

Para o recheio

  • 1 chávena de lentilhas verdes secas (demolhadas entre 6 a 12 horas)
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 folha de louro
  • 1 colher de chá de tomilho
  • 1 colher de chá Ervas de Provence
  • 1 colher de chá de oregãos
  • 1 colher de sopa de alga arame (opcional)
  • 400 ml polpa de tomate
  • Sal q.b.
  • Azeite

Para o creme

  • 2 a 3 pacotes de creme de soja
  • Sal q.b.
  • Pimenta q.b.
  • Noz moscada q.b.

1 embalagem de massa de lasanha (eu uso a mais simples nos ingredientes: farinha de trigo, água, sal), normalmente as de marca branca são as melhores.

 

Modo de preparação

Começa por demolhar a alga arame. Reserva.

Faz um refogado com o azeite, a cebola picada, o alho picado, a folha de louro (retiro sempre o veio central), o tomilho e as ervas de provence. Assim que a cebola começar a ganhar cor adiciona a polpa de tomate. Deixa cozinhar muito bem, em lume médio/baixo. Esta é a parte que demora mais tempo, pelos menos 30 a 45 minutos, por vezes mais. O tomate deverá ser bem cozinhado, assim a sua acidez, presente naturalmente, é diminuída, o sabor torna-se mais doce e mais nutritivo. Se o molho começar a secar junta um pouco de água sempre que necessário. Ao provares e te aperceberes que o sabor deixou de ser ácido e se tornou doce, está pronto a receber as lentilhas.

Adiciona as lentilhas, a alga demolhada juntamente com a água da demolha e deixa ferver. Quando levantar fervura adiciona o sal e reduz o lume para médio/baixo e deixa cozinhar por 15 a 20 minutos. Verifica se as lentilhas estão bem cozidas e retira do lume. Adiciona os oregãos e mistura bem.

Num tabuleiro que possa ir ao forno, coloca uma pequena porção de lentilhas no fundo, bem espalhadas. Depois, por cima, coloca três a quatro placas de massa, lado a lado, de acordo com o tamanho do tabuleiro. Coloca por cima de cada placa uma pequena porção de lentilhas e vai alternando com a massa até terminar.

Numa taça mistura todos os ingredientes do creme muito bem. Cobre a lasanha com esta mistura e leva ao forno por 20 minutos a 180ºC, ou conforme indicação da embalagem da massa. Antes de retirares do forno, espeta com uma faca para verificares se a massa está cozida.

Antes de servir podes polvilhar com levedura de cerveja. Dá um óptimo sabor a queijo.

Nesta receita tens presente o cereal – trigo –  na massa, apesar de não ser integral (ainda não encontrei placas de lasanha com trigo integral); a leguminosa – lentilhas – e a alga que também é muito importante no equilíbrio deste prato.

Mas a refeição só com a lasanha não fica completa, por isso não te esqueças de incluir legumes verdes, por exemplo escaldados ou uma salada de verdes.

Espero que gostes tanto quanto nós cá de casa.

Bom apetite!

E até já.

Alexandra

 

Todas as imagens, textos e outros conteúdos deste blog são de minha autoria, salvo referência em contrário. A grande maioria das imagens aqui publicadas podem também ser visualizadas nas minhas páginas do Instagram e Facebook: @alexandrapereirablogger 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *