como-fazer-waffles
Receitas

Como Fazer Waffles Caseiros

Em primeiro lugar se estás a ler esta publicação é porque gostas de waffles, certo? (Ou então, como eu, tens pequenos seres aí por casa que os adoram!)

Pois, aqui vais aprender a cozinhar waffles bem simples e deliciosos, feitos no forno, e sem qualquer produto de origem animal.

 

Continua a ler esta publicação e vais perceber o que tens andado a perder.

 

Conhecidos por todo o mundo, os waffles são de origem belga, e aqui, em Portugal, é já presença habitual em qualquer feira ou festa tradicional, mesmo não pertencendo às raízes da nossa cultura.

Habitualmente é servido na opção doce, mas também pode ser servido salgado. É óptimo ao pequeno-almoço, lanche ou como guloseima e podemos adicionar as mais diversas coberturas ou até comer simples.

Como resultado de várias experiências e de acordo com o paladar cá de casa, a minha receita tem levado vários ajustes.

Finalmente passou nos mais rigorosos testes de prova (os meus filhos), e posso dizer com satisfação: “Receita aprovada!”.

Assim sendo, parece-me bem partilhá-la contigo.

Contudo, não esperes uns waffles iguais aos vendidos nas feiras, nunca foi essa a minha intenção. Estes ficam um pouco mais densos, mas também mais saciantes. E eu prefiro assim.

Esta receita serve 6 waffles, e é a seguinte:

 

200g flocos de aveia

2 chávenas de leite vegetal

2 colheres de sopa de manteiga de amêndoa

3 colheres de sopa de malte de cevada

1 pitada de sal

 

Formas (de silicone) para waffles (adquiridas no ElCorteIngles)

 

– Começa por ligar o forno nos 220ºC.

– Coloca num liquidificador/processador de alimentos, todos os ingredientes.

– Mistura tudo muito bem.

– Coloca a massa nas formas. 

– Leva ao forno, já pré-aquecido, durante 15 minutos. (2 a 3 minutos antes de terminar o tempo, dá uma espreitadela, poderão já estar prontos.)

– Coloca num prato e serve com fruta, iogurte vegetal, geleia de arroz, canela,…, ou simples.

 

As formas que eu utilizo, podes ver aqui quais são, não precisam de ser untadas, mas se tiveres que untar a(s) tua(s) forma(s) poderás utilizar o óleo vegetal em forma de spray, ou unta com um pincel para não escapar nenhuma parte da superfície da forma. Considero estes métodos os mais eficazes.

Apesar de eu utilizar estes ingredientes, qualquer um deles pode ser substituído ao teu gosto ou conveniência. Por exemplo, no caso do malte de cevada, podes substituir por outro adoçante à tua escolha. Eu uso o malte porque dá um ligeiro sabor caramelizado. 

Também podes alterar a quantidade servida para o dobro, basta duplicares os ingredientes da receita. (Já o fiz para ter sobras para os miúdos levarem para a escola como lanche do dia seguinte. Óptima idéia, não achas? 😛 )

Se ainda assim tiveres alguma dúvida ou queiras partilhar como correu a tua experiência não hesites em partilhar comigo. Vou adorar saber a tua opinião.

Agora quero que experimentes e te delicies com estes waffles à portuguesa!

Até Já.

Alexandra

 

Todas as imagens, textos e outros conteúdos deste blog são de minha autoria, salvo referência em contrário. A grande maioria das imagens aqui publicadas podem também ser visualizadas nas minhas páginas @alexandrapereirablogger Instagram e @alexandrapereirablogger Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *